quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Carnaval e máscara de fita crepe

Passei o carnaval quieta em casa brincando de outro jeito, ou seja: carimbando e costurando. Feliz. Um dos trabalhos que fiz foi com máscara de fita crepe. Eu já havia feito uns testes com tiras fininhas e usando tinta preta diluída em água. Agora usei a tinta sem diluir, mantive a máscara (de fita crepe) fininha e fiz um espaçamento maior entre as tiras. Ficou bem bonito. A próximo teste é fazer esta máscara mais espaçada e usar a tinta azul ultramar. Acho que vai ficar lindo.


 primeiro teste, tinta aguada e tiras finas

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Embalagem para ...

Embalagem para qualquer coisa que você quiser! Sempre faço saquinhos de pano, que uso aos montes e dou de presente para amigos. Essas embalagens tem mil e uma utilidades. Normalmente levo na minha bolsa um casaco dentro de um saquinho desses. Também quando levo lanche para a faculdade, tenho um saquinho para isso. E outro para guardar a carteira e a chave de casa. E quando viajo então... um monte de embalagens para organizar tudo direitinho dentro da mala!
O tecido era listradinho e por cima apliquei carimbos de disco voador e estrelas.


sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Saia nova, modelagem simples

Normalmente não faço modelagem no atelier. Acho muito difícil. Cava e gancho é para profissional, mas me arrisco numas modelagens simples, como esta saia que é reta e cheia de preguinhas. Muito fácil. Na barra fiz uma tira de tecido diferente e costurei uns carimbos de peixinhos.

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

M.O.O.C.

Um dos trabalhos desafiadores e deliciosos que fiz este ano foi carimbar e costurar um trabalho para a MOOC, que foi convidada pela grife Sardina a  decorar livremente uma sardinha de 50 cm feita em papier maché. Foram convidados alguns amigos da grife para realizar tal desafio, uma celebração de 4 anos da grife. Depois todas as sardinhas foram vendidas e o lucro revertido para uma associação beneficente. O trabalho que fiz foi criação da Mari Travassos, que desenvolve produtos para a MOOC, ela juntou a criação dela com meus carimbos de peixes e o resultado ficou maravilhoso. É bom lembrar que a MOOC fez o Café da Casa Cor este ano e o tema foram os hexágonos, que repetimos nas "escamas" do peixe.



quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

E este foi o incrível ano que passou ...

O ano de 2017 foi de novas experiências. A faculdade de Museologia, que comecei no inicio do ano, mudou minha vida. Novas rotinas, novas idéias e a percepção que 2018 vai precisar ser mais organizado. O atelier ficou mais quieto, minhas criações diminuíram, me dediquei ao ritmo da escola e me entreguei aos trezentos trabalhos e provas. Foi divertido, mas quero conciliar os dois, atelier e escola, de maneira que tudo funcione bem nos dois campos. Fiz alguns trabalhos interessantes de costura e carimbo. Para Bel desenvolvi uma estampa sextavada, que foi o tema que ela levou para o café da Casa Cor. Fiz muitas camisetas carimbadas e uns colares de tecido. Dei poucas aulas. Fiz lindas bolsas. E na escola tirei uma porção de 10! Foi um ano bem bom. Nas férias me programei para fazer dois cursos, mas o atelier estará aberto, então se você quiser vir costurar, bordar e carimbar, venha! Vai ser ótimo receber novas figuras por aqui!

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Conservação preventiva

Já comentei que, além das aulas de costura aqui no atelier, estou cursando a faculdade de Museologia na Unirio e semana passada me inscrevi no curso de Conservação Preventiva de Têxteis que aconteceu no Instituto Zuzu Angel, na Usina, Rio de Janeiro. O curso foi maravilhoso, ministrado pela querida Manon Salles, que, generosamente nos indicou o caminho das pedras, além da aula prática de limpeza, catalogação, registro e acondicionamento de peças. O acervo do Instituto está muito bem guardado, veja a sala que impecável! Fora o fato que a casa é linda linda linda!

sábado, 21 de outubro de 2017

Tudo junto

A primavera chegou, as provas já passaram, fiz muitas estampas, apareceram esquilos no jardim, desenvolvi novos produtos para clientes, ainda não consegui bolar nada para decoração de natal... e a vida segue acelerada. Não dá tempo nem de pensar no quê que está acontecendo. Seguir firme em frente é a única possibilidade. Então tenho desenvolvido estampas com carimbo e estudado muito e procurado respirar com calma.

adoro almofadinhas. Estas, em forma de casinha, desenvolvi inspirada na Lu, aluna querida.


 duas bolsinhas para o verão com estampas novas

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

almofada nova

Esta almofada foi feita em algodão cru. Cortei todas as partes, pintei de azul e depois quando já estava seco carimbei em preto as "curvinhas" todas, uma a uma. Esta almofada tem uma "orelha" de 2 centímetros. E o fechamento é tipo fronha, um transpasse simples.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Azulejos Portugueses

Comecei o curso de Museologia na Unirio e meu tempo no atelier reduziu muito! No primeiro semestre cursei 8 matérias e neste semestre comecei matriculada em 7. Não foi possível manter este ritmo. Decidi trancar duas matérias assim posso continuar a desenvolver minhas pesquisas no atelier e posso continuar atendendo clientes e alunos.
Na foto que posto hoje mostro uma nova estampa, inspirado nos azulejos portugueses, que há muito tempo queria desenvolver. Este é apenas o primeiro teste.



terça-feira, 5 de setembro de 2017

Fla x Flu

Sou Botafoguense, para desespero de meus irmãos que são todos tricolores. Mas no atelier tem de tudo. Fiz estas duas flamulas já tem um tempo, passei pela foto hoje e resolvi postar. Adoro fazer flamulas e bandeiras!



quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Mais um paninho antigo, que conta história da familia, de uma época que parece tão distante da nossa. Esse galo serve para tapar o bico do bule de chá e assim preservar o calor. Foi feito por um dos irmãos de minha mãe .
Costurar era uma atividade que minha avó achava que todos deviam conhecer um minimo. Nas férias os nove filhos e mais alguns primos se sentavam à tarde e começavam a atividade. Bordavam letras do alfabeto em ponto x, faziam bainha aberta e este foi um galinho, bem simples, feito por um dos irmãos de minha mãe.

sábado, 19 de agosto de 2017

Venha costurar!

A vida vai acontecendo entre o prazer de criar meus próprios trabalhos no atelier e as aulas de museologia onde aprendemos a cuidar de objetos/histórias de pessoas que viveram em tempos passados. Dois mundos. Ontem e hoje.  Coisas feitas por outras pessoas e coisas feitas agora, pelos alunos do atelier e por mim. Técnicas bastante sofisticadas antigas e técnicas contemporâneas. Dá para entender? Ando transitando por aí. Uma coisa que me atrai muito para as peças antigas, seja na área textil ou decorativa é perceber o tempo empregado na construção das roupas e dos objetos antigos. É incrível ver os detalhes! Nossas roupas, os objetos decorativos de nossas casas, são todos feitos em larga escala e numa rapidez colossal. As blusas não tem bainha. Tem máquina para pregar botão. Os bordados são feitos à máquina. Outros tempos esses nossos onde corremos desesperados em busca de dinheiro para pagar os custos da vida atual. Quase não dá tempo de bordar, fazer um presente para um amigo, papear em volta da mesa enquanto prega um botão e conta casos, experiências, dividi saberes... Sigo firme acreditando que costurar é salutar. Oxigênio nesta maluquice toda.
Então, venha costurar, bordar, carimbar e fazer novos amigos!

este paninho era usado pela avó de minha mãe. Podia ser usado para diferentes funções, cobria o copo d'água na cabeceira da cama, ficava embaixo do vidrinho de remédios... A impressão que tenho é que existia "paninhos" para tudo!

este saquinho foi feito com algodão cru. Foi um pedaço de pano que usei para testar este carimbo da folha Costela de Adão e que depois transformei nesta embalagem, que uso para carregar de um tudo.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Bolsinha de costura

Tenho várias bolsinhas de costura, práticas, levo sempre nas viagens. Cortei feltro para fazer com umas meninas da Escola de Museologia que querem aprender a costurar e bordar.


sexta-feira, 7 de julho de 2017

Bolsa com estampa de arminho

Nas aulas de Heráldica, que estuda brasão e seus elementos, aprendi sobre Arminho, um dos elementos que podem compor um brasão. A representação gráfica do arminho é uma mosqueta, gostei do desenho e fiz uma estampa. Acabei fazendo uma bolsa e dei de presente para a professora de Heráldica



Casinhas...

Estes dois últimos meses foram um deus-nos-acuda! muitos trabalhos e provas para entregar no curso de Museologia.  Hoje chegou a calmaria, foi o ultimo dia de aula deste semestre... Neste meio tempo o atelier sempre esteve funcionando. Agora com aulas aos sábados e domingos.
O trabalho que mostro são umas casinhas muito fofas que fiz inspirado numa foto do Pinterest que uma aluna me mandou. Muito fofas! Dá vontade de fazer uma vila inteira de casinhas...